Domingo, 16 de dezembro de 2018 Nossa história      

Notícias

Picos(PI), 09 de Julho de 2018 Início Portal Equipe 40 Graus Fale Conosco Webmail Municípios Alagoinha do Piauí Alegrete Aroeiras do Itaim Belém do Piauí Betânia do Piauí Bocaina Caldeirão Grande Campo Grande do Piauí Dom Expedito Lopes Francisco Macedo Francisco Santos Fronteiras Geminiano

Pacientes do município contaram com o atendimento de dois médicos cardiologistas e ainda poderão retornar para nova avaliação

A Secretaria Municipal de Saúde de Sussuapara ofereceu na tarde de ontem, segunda-feira (12), atendimento especializado na área de Cardiologia. Foi a primeira vez na história do município que dezenas de pacientes contaram com o serviço, sem precisar se deslocar até Picos ou Teresina.

Para a realização dos atendimentos nessa especialidade da Medicina, a Secretaria de Saúde disponibilizou os médicos cardiologistas Gilmário Santos Macêdo, com residência no Instituto do Coração (INCOR) de São Paulo e Márcia Cristina de Carvalho Moura, que se especializou na área pela Universidade Federal do Pernambuco. Além da consulta realizada na tarde de ontem, o paciente também poderá retornar para uma nova avaliação.

O prefeito Edvardo Rocha e o vice-prefeito Naerton Moura, que também ocupa o cargo de secretário de Saúde, estiveram presentes na secretaria na tarde de ontem, durante os atendimentos e constataram a satisfação dos pacientes.

De acordo com o secretário de Saúde, é meta da gestão proporcionar ao longo do ano mais atendimentos especializados no município. Ele aproveitou para anunciar que em maio haverá atendimento na área de saúde mental, com a presença de psiquiatras.

Os populares poderão agendar as consultas na sede da Secretaria ou com os agentes comunitários de saúde nas unidades básicas de Tamboril, Lagoa dos Negros, Paquetá e Várzea do Engano. “Essa é mais uma conquista para a saúde municipal, dentre as diversas que já obtivemos. Esperamos que ao longo deste ano possamos anunciar mais benefícios para o nosso povo” – destacou Naerton Moura.